Vampiros brilham no escuro?

Recentemente me convidaram para escrever um artigo sobre Carmilla, a vampira lésbica criada pelo Sheridan La Fanu (quando estiver disponível eu linko lá no meu CV). Reli a obra e aproveitei para pegar todos os meus livros de vampiros da estante. Reli contos, li teorias, li fábulas, enfim, 35 anos e estou 100% imersa no mesmo vampirismo que me fascinava quando eu tinha 15 anos.  … Continue reading Vampiros brilham no escuro?

House of Psychotic Women, de Kier-La Janisse

Nem me lembro quando foi a primeira vez que topei com o livro da Kier-La Janisse. Nessas minhas pesquisas eternas sobre as mulheres no terror devo ter caído em alguma resenha e por muito tempo ele esteve na minha lista de desejados. Dólar alto, aquela coisa toda, nunca conseguia comprar. Até que um rapaz muito gentil, que acompanhava meus textos no Cine Varda, me ofereceu … Continue reading House of Psychotic Women, de Kier-La Janisse

A balada do Black Tom, Victor LaValle

Lovecraft criou algo imenso dentro do terror. Esse lance do horror cósmico é algo que beira a genialidade, e ele com certeza influenciou muitos escritores. Porém, não podemos esquecer que Lovecraft era um lixo de pessoa, escória mesmo. Ele era racista, xenófobo e mais um monte de desgraça. E aqui entramos no ponto: é possível separar o autor da obra? A minha resposta é não. … Continue reading A balada do Black Tom, Victor LaValle

My Best Friend’s Exorcism, de Grady Hendrix

Terror é meu gênero preferido. Esse blog começou com o intuito de falar apenas de terror, mas eu não leio tanto do gênero quanto gostaria. São muitos livros, muitas escritoras e acabo não dando conta. Mas na semana passada eu separei um tempo e comecei My Best Friend’s Exorcism do Grady Hendrix. Infelizmente o autor ainda não foi publicado no Brasil, então li em inglês … Continue reading My Best Friend’s Exorcism, de Grady Hendrix

Filmes do Mês das Bruxas (2020)

E lá se foi o quarto ano de maratona de filmes de terror no mês de outubro. Sempre faço um post para comentar um pouco dos filmes que vi. Comecei com Buffy, a Caça-Vampiros. Por que eu fiz isso comigo mesma? Para gravar um episódio do The Witching Hour. Não foi de todo ruim, mas foi uma experiência um tanto bizarra. Revi Tales of Halloween, … Continue reading Filmes do Mês das Bruxas (2020)

Misery, de Stephen King

Algo inédito neste blog: eu falando de um escritor homem! Mas é um homem possível: Stephen King! O autor me acompanha desde meus 11 anos, quando li Carrie pela primeira vez. Passei a adolescência lendo os livros dele, até que o deixei de lado. Em 2014 a Suma relançou Misery com tradução de Elton Mesquita. Eu tinha recebido uma grana dessas de governo e achei … Continue reading Misery, de Stephen King

#desafioleiamulheres Outubro

Em 2015 eu fui para a Flip pela primeira vez. Eu não fazia muita ideia do que me esperava, então segui meus amigos e pronto. Eles tinham alugado uma daquelas casas antigonas no centro histórico. As madeiras rangiam, se ouvia tudo do andar debaixo e assim por diante. Eu senti medo, de verdade. Não ouvi nada, não vi nada, mas senti medo o tempo todo … Continue reading #desafioleiamulheres Outubro

As coisas que perdemos no fogo, de Mariana Enriquez

Sempre brinco que um dos meus gêneros literários preferidos é o dos contos estranhos escritos por mulheres maravilhosas. E o livro que me fez criar essa categoria foi As coisas que perdemos no fogo de Mariana Enriquez (tradução de José Geraldo Couto). A escritora argentina nasceu em 1973 e este foi seu primeiro livro lançados no Brasil pela Intrínseca (o segundo foi o romance Este … Continue reading As coisas que perdemos no fogo, de Mariana Enriquez

Mistress to the horror kid #2

O texto abaixo é continuação desse e foi originalmente postado numa sexta-feira 13 de 2013.  Nada melhor do que uma sexta-feira 13 para fazer mais um post sobre filmes de terror, dessa vez selecionei alguns lançados nesse ano. Evil Dead Sou a primeira pessoa a dizer que remakes são mais do que desnecessários, mas às vezes me surpreendo. Esse foi o caso de Evil Dead. … Continue reading Mistress to the horror kid #2

Mistress to the horror kid #1

Em 2013 eu fiz uma série de posts indicando filmes recentes de terror que eu gostava. Como esses textos estão num blog hoje fechado, decidi trazer para cá. Alterei só alguns comentários que ficariam sem sentido nos dias de hoje e algumas besteiras da minha parte. Dia desses eu estava reclamando com um amigo que recentemente só saíram porcarias no quesito “filme de terror”. Mas, … Continue reading Mistress to the horror kid #1

Filmes do Mês das Bruxas (2019)

Desde que criei o blog, esse é o terceiro ano consecutivo que consigo fazer uma maratona de terror em outubro. Em 2019 eu não consegui acompanhar a Mostra, então tive mais tempo para meu gênero preferido. Aí vai a lista! 1) Belzebuth (2017) Dirigido por Emilio Portes Comecei a maratona com este filme mexicano. Eu tinha lido boas críticas, então dei uma chance e curti … Continue reading Filmes do Mês das Bruxas (2019)

As mulheres do “novo” terror

Desde A Bruxa tenho prestado muita atenção nos grandes lançamentos do terror. Inclusive, foi esse filme que me inspirou a criar o Feminist Horror. Quer dizer, sempre acompanhei tudo, mas desde o filme de Robert Eggers parece que o gênero finalmente ganhou atenção da grande mídia. E aqui tem um ponto que me incomoda: as definições de post horror e elevated horror. Não vou me … Continue reading As mulheres do “novo” terror