Tempos mais simples

Ontem saiu a notícia de que o macho rico comprou o twitter. Todo mundo dizendo que a rede não é mais a mesma e etc. Não é faz tempo. O twitter sempre foi meu espaço preferido. Durante 2014, ano mais prejudicado da minha saúde mental, eu usei aquilo para desabafar e felizmente encontrei apoio. Uns anos depois, virou o melhor meio para eu compartilhar meu trabalho.

Inclusive, acho que quase ninguém acessa meu blog do nada, simplesmente para ler. Todo mundo vem de algum link de rede social. Engraçado, no começo dos anos 2000 as pessoas entravam nos blogs umas das outras para ver se tinha coisa nova, para comentar, ler blogs indicados e etc. Me pareciam tempos mais simples.

Ando bem nostálgica, pensando no que poderia ter sido (sim, estou tratando disso na terapia) e isso dos blogs está voltando bem forte. Eu lia tanta gente desconhecida, compartilhava dores, pegava dicas de livros e filmes. Conheci tanta coisa nesse tempo. O fotolog veio depois e quase tirou o espaço deles, mas sei lá, depois de tantos anos, eu sigo com um blog. Leio diversos, mas sinto falta de acompanhar mais da vida das pessoas para além de tuites engraçadinhos para hitar e de fotos bonitas no Carnaval.

Eu demorei para ter blog. Acho que criei o meu só em 2006, mas eu lia vários, comentava e entrava todo dia no site do My Ruin, que para mim, era a melhor estética da internet. Usei fotolog de 2003 a 2007, acho. Acho que tive uns 20 blogs, o primeiro deles era sonietta.blogspot. Tenho ouvido My Ruin, Kittie e Tura Satana de forma exaustiva. Acho que é crise de meia idade.

Quero ler o que as pessoas acham de tal livro, não quero ver um vídeo de 15 segundos. Quero saber a opinião das pessoas sobre os mais diversos assuntos, não apenas sobre a polêmica da vez. A pandemia descaralhou a gente. Eu fiquei meses sem ver ninguém, tendo apenas as redes sociais de contato com o mundo exterior e só perdi a paciência.

Voltei para o Instagram por causa de trabalho, para ver umas fotos dos diários alheios e gatos, sempre gatos. Tantas redes sociais, tanto espaço, tanta exposição e parece que conheço cada vez menos as pessoas. Tenho tido vontade de transformar o Michelle das 5 às 7 numa coisa mais simples, de escrever qualquer coisa que apareça na minha cabeça. Tive newsletter, parei, voltei. Pensei em fazer outra esses dias, mas para quê? Meu blog tá aqui pra isso desde 2016.

Digo que estou em redes sociais para divulgar meu trabalho, mas não está adiantando. Os links não chegam nas pessoas, ninguém mais tem paciência de ler algo que não seja uma legenda de uma foto. Em tempos de likes, o que é um comentário sobre algo que eu escrevi?

Acompanho alguns blogs, gostaria de acompanhar outros. Me mandem links, escrevam, vamos tentar simplificar as coisas depois de tantos anos de governo fascista e de pandemia.

4 thoughts on “Tempos mais simples

  1. Tenho medo do que pode vir após essa “compra de luxo”, espero que haja um controle sobre as postagens de ódio e intolerância. O mundo está à deriva 😢

    Like

  2. Eu tendo a achar que esse lance da compra do twitter é mais sintoma que outra coisa. Sintoma do que virou a internet, principalmente depois das redes sociais, que hoje parece que viraram sinônimo de internet. E era pra ser tão mais. Enfim, seguimos aguardando cenas dos próximos capítulos e o fim desse governo.

    Like

  3. Sinto falta de tempos mais simples também. Conto minhas amigas de verdade nos dedos de uma mão e sinto que a internet mais distanciou que aproximou. As pessoas hoje em dia não querem mais ler ou pensar com profundidade, preferem estímulos rápidos e superficiais, mas não desanime, estou aqui te lendo e te admirando cada vez mais.

    Like

  4. Criei o meu primeiro blog em 2006 também. Desde então já tive vários, vou e volto, mas acho que bloguinhos são melhores do que qualquer rede social pra criar conexão entre as pessoas ❤

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s